terça-feira, 26 de agosto de 2008

Como construir uma canhoneira - 4ª parte


Image Hosted by ImageShack
Aspecto do modelo com protecções nos passadiços, toldos e bóias

Nesta fase, colocamos algumas bóias, feitas a partir de vulgares "o-rings" ou anilhas em borracha usadas como vedantes, que pintamos de branco e decoramos com pequenas tiras de papel vermelho, que foi colado com cola instantânea.

Também já se encontram nos seus locais as guardas dos passadiços, que não são mais do que "clips" triangulares que foram desdobrados e cortados de modo a ficarem na medida pretendida, após o que adicionamos linha que foi colada de modo a unir as plataformas de proa e de popa.

Finalmente, e porque muitos destes navios operavam em zonas quentes, colocamos toldos laterais, que são tiras de papel de guardanapo suportadas por "clips" cortados e colados na superfície inferior dos passadiços.


Image Hosted by ImageShack
Conjunto de bandeiras navais para impressão

Uma pequena pesquisa na Internet permitiu obter imagens de um conjunto de bandeiras navais, usadas para sinalização, bem como as bandeiras nacionais de Portugal, monárquica e republicana e de Inglaterra, incluindo a da Marinha Real.

Estas bandeiras podem ser facilmente impressas usando uma impressora de jacto de tinta e coladas em volta de um fio que será colocado num mastro, dando assim um aspecto muito mais colorido ao modelo.

Este modelo é perfeitamente genérico, não reproduz nenhum navio em particular, pelo que pode representar uma embarcação de finais do século XIX e até meados do século XX de qualquer nacionalidade, bastando para tal encaixar na ré, onde se encontra um suporte apropriado, uma bandeira do país pretendido presa num mastro feito a partir de um pequeno tubo de plástico ou mesmo de um alfinete.
Enviar um comentário