quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Dragões alemães da Grande Guerra da Strelets - 1ª parte


Image Hosted by ImageShack
Imagem de conjunto dos dragões alemães da Strelets

Apesar de ter perdido muito da sua influência, a cavalaria manteve-se activa durante toda a Grande Guerra, continuando a desempenhar um papel importante em teatros onde a mobilidade e a inexistência de estradas dificultavam a utilização de veículos motorizados.

Das estepes russas aos desertos da Mesoptamia, passando pela Europa Ocidental, muitos foram os regimentos de cavalaria participaram, entre outras acções, em combates, missões de reconhecimento ou escoltas, enquanto outros passaram a combater apeados, mantendo, no entanto, as antigas designações e tradições do passado.

Os dragões alemães tinham origem em unidades de cavalaria pesada e estavam armados com lanças, sabres e carabinas, usando, na fase final da guerra, um uniforme e capacete idênticos aos da infantaria, camuflados segundo os mesmos padrões geométricos, apenas com algumas pequenas dierenças nos equipaments e nas insígnias.


Image Hosted by ImageShack
Imagem de conjunto dos dragões alemães da Strelets

Apesar de existir um capacete especialmente desenhado para a cavalaria, este era raro e os documentos da época demonstram que poucos foram distribuidos, razão pela qual os dragões, quando desmontados, dificilmente se distinguiam da infantaria.

A Strelets, um fabricante ucraniano de miniaturas, produz uma interessante colecção de figuras que incluem diversos tipos de cavalaria alemã com os uniformes da Grande Guerra, entre eles hussardos, lanceiros, ulanos e dragões, que serão descritos neste conjunto de textos.

Ao contrário de outros fabricantes, a Strelets não inclui figuras repetidas nos seus conjuntos de cavalaria, pelo que as doze figuras deste conjunto são todas diferentes, tal como o são os cavalos que, no entanto, são comuns a todas as caixas de cavalaria alemã deste período.
Enviar um comentário