domingo, 5 de outubro de 2008

Dragões alemães da Grande Guerra da Strelets - 2ª parte


Image Hosted by ImageShack
Oficial com "pickelhaube" e corneteiro dos dragões alemães

Para além da variedade, o nível de detalhes das figuras é outro valor acrescentado, sendo que os detalhes, para além de historicamente correctos, estão gravados de forma a que os modelos possam ser facilmente pintados, com relevos bastante evidentes e faces expressivas.

Como factor menos positivo, temos o estilo das figuras, que parecem algo atarracadas, aproximando-se mais do aspecto das figuras em metal do que de alguns dos elegantes modelos em plástico na escala 1/72, o que levanta alguns problemas quando se pretende misturar os productos da Strelets com as de outros fabricantes.


Image Hosted by ImageShack
Imagem de dois dos dragões alemães em pose de carga

Este aspecto, mais do que um estilo assumido, resultará, segundo as informações que temos de uma questão técnica, já que, enquanto a maioria dos fabricantes esculpe os "masters" ou modelos a partir dos quais serão feitos os moldes numa dimensão superior à final, reduzindo-os posteriormente através de um pantógrafo tridimensional, a Strelets esculpe directamente conforme serão usados no molde, portanto, na escala 1/72.

Também será discutivel a opção por algumas poses, como o cavaleiro que dispara para o seu lado direito numa posição que dificilmente ocorreria tentar a qualquer de nós, ou uma certa dificuldade em compatibilizar cavalos e cavaleiros, de modo a que estes fiquem correctamente montados e não haja nem duplicação nem faltas de espadas.


Image Hosted by ImageShack
Fotografia de dois dos dragões alemães armados de lanças

Felizmente a Strelets optou por incluir um razoável número de cavaleiros armados ou a utilizar carabinas, uma arma muito mais comum nos últimos anos de guerra do que as armas brancas numa altura em que as cargas de cavalaria, sobretudo na Frente Ocidental, tendiam a ser situações verdadeiramente excepcionais.

O oficial do conjunto é a única figura que mantém o antigo "pickelhaube", usado no início da guerra e substituido em 1916 pela versão que as restantes figuras trazem, algo que é plausível dado o espírito tradicionalista de muitos oficiais de cavalaria e uma opção semelhante à da HaT e da Emhar nos seus conjuntos de artilharia.
Enviar um comentário