quinta-feira, 16 de outubro de 2008

O canhão francês MLE 1897 de 75mm da HaT - 1ª parte


Image Hosted by ImageShack
O canhão francês MLE 1897 de 75mm da HaT em posição de fogo

O canhão francês MLE 1897 de 75mm, o célebre "soixante quinze", foi uma das peças de artilharia mais famosas da 1ª Guerra Mundial, tendo sido construido em grande número e adoptado por diversos países durante e depois de terminado o conflito.

O MLE 1897 era uma peça que previlegiava a rápida cadência de tiro e uma trajectória relativamente plana em detrimento de uma munição de maior calibre, mais pesada e com uma carga explosiva superior, sendo a táctica francesa compensar esta defeciência através do elevado número de peças disponíveis.

Se bem que fosse um dos melhores canhões da Grande Guerra, rapidamente se verificou que o calibre era demasiado fraco para penetrar as fortificações alemãs e que o elevado número de peças de pouco servia contra posições bem preparadas, acrescendo o facto de a trajectória plana dificultar atingir alvos escondidos atrás de colinas, algo que estava ao alcance de diversos modelos cuja trajetória correspondia a uma parabólica mais acentuada.


Image Hosted by ImageShack
Outra fotografia do canhão francês MLE 1897 de 75mm da HaT

O MLE 1897 era, na maioria dos casos, rebocado por um trem puxado por seis cavalos, que também transportavam seis militares, dos quais três seguiam no trem e outros tantos montados nos cavalos posicionados do lado esquerdo, mas havia diferenciação para as baterias de artilharia montada e a cavalo, destinadas a obter uma maior mobilidade.

As munições eram transportadas num caixão atrelado de igual forma, sendo normal que dois a três destes caixões acompanhassem cada uma das peças, de modo a mantê-las constantemente municiadas, incluindo-se também nas baterias vagões especializados, incluindo modelos destinados a reparação ou manutenção dos canhões.

Infelizmente, não obstante ser uma das peças mais famosas de sempre, não era fácil encontrar uma miniatura desta peça em plástico na escala 1/72 a um preço acessível e, caso pretendessemos a tripulação e o caixão para munições, esta seria uma pesquisa que não traria quaisquer resultados, demonstrando assim a falta de popularidade do período relativo à Grande Guerra entre os fabricantes de miniaturas.
Enviar um comentário