sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Soldados egípcios montados em camelos - 1ª parte


Image Hosted by ImageShack
Soldados egípcios montados em camelos

Nos finais do século XIX o Egipto estava controlado pelo Império Britânico e muito do esforço de defesa deste extenso território cabia às forças que os Ingleses e os seus domínios podiam disponbilizar, as quais dominaram diversas revoltas e combateram inimigos externos como os sediados no Sudão.

No entanto, a necessidade de reduzia a importante força militar que aí mantinham e necessitavam noutras partes do Império, levou os Britânicos a reestruturaram o exército egípcio, tornando-o numa eficaz máquina de guerra capaz de defender o seu país e de participar em operações militares conjuntas ou mesmo isoladamente, ainda que enquadrada por conselheiros e comandantes ingleses.

Nesta época, os uniformes egípcios sofreram alterações, tornando-os mais práticos e fáceis de produzir e novo armamento e equipamento, em grande parte de proveniência britânica, mesmo que algo desactualizado, foi fornecido, facilitando assim a colaboração entre as várias forças.


Image Hosted by ImageShack
Cada caixa inclui quatro destes conjuntos de soldados egípcios

A HaT apresentou recentemente dois conjuntos de tropas montadas em camelos, sendo que um deles, o "Camel Corps" inglês, já foi descrito, ficando para esta altura as figuras que representam os egípcios, os quais são equivalentes em termos de concepção, posições e partilham das mesmas montadas.

Muito do que se pode dizer deste conjunto já foi dito anteriormente quando apresentamos os ingleses, sendo que os egípcios partilham das mesmas virtualidades, como o elevado nível de detalhes e a originalidade, e de limitações, resultantes do escasso número de posições incluidas em cada caixa.

Com apenas quatro posições diferentes para as figuras humanas e três para os camelos, cada conjunto inclui quatro grelhas do que resultam um total de dezasseis conjuntos, sendo que um em cada quatro é um atirador apeado que deve ser colocado junto de um camelo deitado.
Enviar um comentário