sábado, 1 de novembro de 2008

Vickers anti-aérea de base HaT


Image Hosted by ImageShack
Conversão de uma Vickers anti-aérea

Usando, ainda, os Canadianos da HaT como base, decidimos modificar uma das Vickers e a respectiva guarnição de modo a ser usada como arma anti-aérea, uma necessidade que surgiu durante a 1ª Guerra Mundial dado o aparecimento em grande número de aviões, muitos dos quais desempenhavam missões de ataque ao solo.

Se a alteração introduzida na Vickers foi extremamente simples, bastanto intercalar uma pequena haste entre o tripé e a arma, adicionar um reservatório de água, ligado ao cano por uma simples linha de coser, e prolongar a fita de munições, no respeitante às figuras o processo é mais complexo.

As duas figuras de joelhos foram pouco ou nada modificadas, tendo-se apenas substituido a cabeça de uma delas por outra em metal, para dar alguma variedade, aumentando a fita que sai da caixa de munições de modo a chegar à arma, mas as duas restantes, de pé, já requereram algum trabalho adicional.


Image Hosted by ImageShack
Outra imagem da conversão de uma Vickers anti-aérea

Ambas as figuras de pé resultam da colagem e ajuste de duas metades, dado que o apontador da Vickers, originalmente, estava de joelhos e o observador deitado no chão, tal como pode ser observado nos textos e fotos referentes ao Corpo Expedicionário Português que temos vindo a publicar.

Na altura da colagem foi necessário observar com atenção os angulos, de forma a serem compatíveis com o tiro anti-aéreo, e a que ambas as figuras estivessem num angulo semelhante, de modo a que observador e atirador pudessem estar a visar um mesmo alvo.

Esta é uma conversão simples, mas que complementa o conjunto de militares do Corpo Expedicionário Português que previamente realizamos com mais algumas poses, algumas das quais inéditas, evitando que uma excessiva repetição resulte num aspecto de conjunto pouco realista.
Enviar um comentário