quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Infantaria colonial inglesa convertida da HaT - 3ª parte


Image Hosted by ImageShack
Infantaria colonial inglesa num cenário de guerra

Após pintar as partes metálicas das armas, pode-se entrar na fase de detalhes e de retoques que costumamos começar pela face, pondo um pouco de branco na zona dos olhos, após o que furamos o centro com um alfinete, na zona da pupila, refazendo o contorno com um pouco de tinta em cor de pele.

Seguidamente, recorremos a um pincel fino, um "00", para pintar pequenas linhas negras de demarcação ao longo de zonas que queremos destacar ou isolar, como correias, contornos de peças de fardamento, separação dos dedos, solas dos sapatos e outras que consideremos que os detalhes originais não evidenciam devidamente.

Lembramos que este processo e o tipo de linhas ou detalhes a utilizar dependem em muito do fim a que se destinam as figuras e a sua forma e local de apresentação, dado que um modelo que é visto mais ao longe tenderá a ter alguns detalhes mais vincados do que outro que será observado mais de perto.


Image Hosted by ImageShack
Infantaria colonial inglesa já finalizada e num cenário

Finalmente, colamos as figuras aos pares em bases, usando cola instântanea, após o que estas serão pintadas num tom amarelado, de modo a imitar areia e depois serão cobertas de cola branca sobre a qual deitaremos pó, que simulará a textura de areia ou terra, conforme a cor que escolhermos.

Neste caso, para além de pó, usamos também um pouco de relva electrostática, sobre a qual falaremos num texto futuro, que pode dar um maior relevo e realismo às bases, permitindo combinações diferentes nas quais podem entrar numerosos tipos de elements decorativos, como pequenas pedras e mesmo acessórios em plástico,

Esta conversão destina-se, também, a demonstrar que uma conversão não é apenas fácil para um modelista, mas os próprios fabricantes podem cortar custos recorrendo a "masters" existentes, reproduzindo-os e adaptando-os com alguma facilidade de modo a obter um modelo diferente e que, como neste caso, responde às aspirações do mercado.
Enviar um comentário