quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

A Gatling inglesa da HaT - 2ª parte


Image Hosted by ImageShack
A Gatling inglesa da HaT com respectiva guarnição

A pintura e montagem da Gatling é extremamente simples, começando por se pintar todas as peças em preto, que servirá de primário, após o que se procede à montagem, escolhendo entre as caixas abertas, situação normal durante o tiro, ou fechadas, algo que acontecia quando em movimento.

A pintura do reparo e caixas, originalmente em madeira, é em cinzento ou azul, dependendo da unidade a que se destinam, com o exterior dos rodados em metal, enquanto a arma é em preto metalizado, com detalhes em bronze, e a pega da manivela de acionamento em castanho a imitar madeira.

Pode-se pincelar ligeiramente o reparo da Gatling com cinzento um pouco mais claro, de modo a dar realce aos detalhes e sujar um pouco todo o conjunto, especialmente os rodados, com um pouco de castanho, de modo a cortar o brilho das partes metálicas e a uniformizar o conjunto.


Image Hosted by ImageShack
Outro angulo da Gatling da HaT com respectiva guarnição

As figuras são igualmente pintadas em negro, após o que usamos um pincel quase seco para começar a aplicar a cor do uniforme, que no nosso caso será azul escuro, mas que pode ser, dependendo das unidades, em vermelho, cor de areia ou com diferentes cores para a túnica e calças.

Recorrendo a uma mistura sucessivamente mais clara, fomos aumentando o contraste do uniforme, deixando pequenas áreas em negro nas zonas mais escondidas e no interior de alguns relevos pronunciados, tendo usado a mesma técnica para os capacetes e as grevas, num tom creme que começa com um castanho claro ao qual vai sendo misturado branco.

Seguidamente pintamos alguns detalhes, como a face e as mãos e começamos a pintura das correias, num branco com um pouco de amarelo claro e dos acessórios, que incluem os cantis e os sacos pendurados a tiracolo, também eles creme, muito perto do branco.
Enviar um comentário