quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

O Sherman M4A2 da HaT - 3ª parte


Image Hosted by ImageShack
O Sherman M4A2 da HaT após conclusão da montagem

Os modelos da série Armorfast da HaT são vendidos em conjuntos de duas unidades idênticas, tendo recebido igualmente dois destes modelos ainda em fase de teste de pré produção, que optamos por pintar de acordo com duas versões inglesas que estiveram presentes no Norte de África.

Não nos vamos debruçar novamente sobre os passos de montagem deste segundo "kit", dado serem idênticos aos do primeiro, com as diferenças a centrarem-se unicamente na pintura, que, excluindo alguns detalhes, será completamente diferente.

Sobre um primário preto, aplicamos uma primeira camada de tinta ocre sobre a totalidade do modelo, com excepção da parte inferior do veículo, que fica parcialmente escondida pela suspenção, rodados e lagartas, e que será em verde, tal como no caso anterior, e das armas, que serão igualmente em preto metalizado.


Image Hosted by ImageShack
Outra imagem do Sherman M4A2 da HaT após finalizado

Seguidamente, são pintados os detalhes dos rodados, em negro, e das lagartas, num tom de castanho avermelhado que imita a ferrugem, sendo aplicados pontos metalizados nas áreas de maior fricção ou atrito, e uma zona em branco na parte frontal, após o que toda a parte inferior do M4A2 ficará concluida.

Após montagem, aplica-se a camuflagem em verde, de acordo com um padrão utilizado em 1942 e são colocados os decalques, que incluem a insígnia de indentificação aérea, as de unidade nos lados da torre e o nome do carro de combate, após o que podemos proceder ao envelhecimento usando um pincel quase seco com tons de areia e terra, com o qual sujaremos o modelo.

A fase de acabamentos deste Sherman, para além de eventuais retoques de pintura, é feita com uma aguada de tinta preta, que vai uniformizar a pintura e dar um aspecto mais envelhecido a um carro de combate que foi submetido às agrestes condições de combate nos desertos norte africanos.
Enviar um comentário