sexta-feira, 13 de março de 2009

Os árabes da Airfix/HaT - 1ª parte


Image Hosted by ImageShack
Caixa da HaT e alguns dos árabes da Airfix/HaT durante a fase de pintura

O conjunto de árabes ou beduínos da Airfix, produzidos actualmente pela HaT, tem as suas origens nos anos sessenta, incluindo algumas novidades nesta escala, como os camelos ou as figuras montadas todas diferentes.

Este conjunto, ainda hoje de bom nível, inclui um interessante misto de figuras montadas em camelos e cavalos e apeadas, com especial destaque para as primeiras, sendo que as segundas surgem, essencialmente como complemento.

As figuras apeadas, que apenas incluem quatro posições diferentes, uma em corrida, agitando um braço e com uma arma no outro, duas em posição de tiro, uma deitada e outra com um joelho em terra, para além de outra deitada, com uma arma na mão, são úteis, mas relativamente pouco interessantes e a sua repetição parece excessiva.


Image Hosted by ImageShack
Foto dos árabes apeados da Airfix/HaT já perto de finalizados

Em contrapartida, os cavaleiros são todos diferentes e, apesar de não estarem em posição de combate e alguns surgirem desarmados, prestam-se a diversas conversões e possibilitam construir diversos cenários interessantes.

A Airfix lançou um conjunto da Legião Estrangeira francesa como adversário destes árabes, mas os beduínos são francamente mais intemporais e as armas que usam, e que aparentam ser as Lee Enfield inglesas, permitem usá-los ao longo de grande parte do século XX, incluindo nas duas guerras mundiais.

A nossa intenção é usar estes árabes em conjunto com as forças britânicas que participaram nas operações militares contra os turcos e os seus aliados alemães no Médio Oriente durante a 1ª Guerra Mundial, para o que estas figuras não carecem de qualquer modificação.
Enviar um comentário