quarta-feira, 18 de março de 2009

Os árabes da Airfix/HaT - 5ª parte


Image Hosted by ImageShack
Foto dos árabes da Airfix/HaT, incluindo a totalidade das poses

As armas, que identificamos como Lee Enfield inglesas, são pintadas em castanho, para as partes em madeira, e preto metalizado com zonas bastante polidas, de onde a fosfatagem desapareceu, para as peças metálicas.

A fase final inclui os detalhes, como o branco dos olhos e a pupila negra, cor que usamos para realçar ou delimitar áreas distintas, como as bandoleiras ou peças de vestuário, após o que colocamos as figuras nas respectivas bases.

A Airfix sempre insistiu nas bases separadas das montadas, com um sistema de encaixe algo diminuto e frágil que torna todo o conjunto algo instável, pelo que sugerimos, em vez da cola, o recurso a uma chave de parafusos aquecida, com a qual vamos soldar a montada na respectiva base.


Image Hosted by ImageShack
Foto de conjunto dos árabes da Airfix

No entanto, as bases das montadas apresentam a vantagem de serem pouco espessas e terem algum detalhe, pelo que se podem colar directamente sobre as bases normalizadas que normalmente utilizamos, contribuindo assim para o relevo destas.

Dado o plástico utilizado, aconselhamos a selar as figuras com um verniz mate ou mesmo com um spray de fixação, podendo, quem disponha, usar um dos produtos da "Army Painter" que, para além de proteger, melhora o acabamento dando maior profundidade à pintura.

Apesar da sua idade e de um substituto moldado num plástico mais recente e que seja mais fácil de pintar e colar seja benvindo, o conjunto da Airfix ainda se encontra ao nível de muitos dos conjuntos mais actuais e continua a ter, por mérito próprio, um lugar especial em muitas colecções.
Enviar um comentário