segunda-feira, 6 de abril de 2009

O Sturm Infanterie Geschütz 33B - 1ª parte


Image Hosted by ImageShack
O Sturm-Infanteriegeschütz 33B feito a partir de um StuG III da HaT

A necessidade de conferir uma maior mobilidade ao schweres Infanterie Geschütz 33, também designado por SIG 33, uma peça de artilharia de 150 mm destinada a dar suporte à infantaria, implicou a sua montagem em diversos tipos de chassis, dando origem a uma série de veículos com maior ou menor sucesso operacional.

A primeira versão móvel do SIG 33 resultou da sua instalação num chassis aberto do PzKfw I, designado por 15 cm sIG 33 (Sf) auf Panzerkampfwagen I Ausf B, do que resultou um veículo algo desequilibrado, com pouca protecção, mas que veio demonstrar que uma peça de 150 mm móvel era da maior utilidade.

Seguiu-se a instalação desta peça num chassis alongado do PzKfW II, que recebeu a designação de 15cm sIG 33 Fahrgestell Panzer II, o qual demonstrou ser francamente superior ao modelo anterior, pelo que era lógico que o sIG 33 viesse a ser montado de forma mais defenitiva num veículo de maiores dimensões.


Image Hosted by ImageShack
O Sturm-Infanteriegeschütz 33B de frente

A opção natural foi instalar o sIG 33 num PzKfw III no qual a torre foi substituida por uma superestrutura sólida e fechada, algo que não se verificava nos modelos anteriores, dando uma maior protecção à tripulação e constituindo-se como uma plataforma de tiro mais estável.

O novo Sturm-Infanteriegeschütz 33B aproveitava os chassis do PzKfw III, modelo que a meio da guerra estava ultrapassado como carro de combate e ganhava então uma especial importância como plataforma para canhões de assalto, conhecido sobretudo pelas versões StuG III.

Assim, para quem não pretender adquirir um modelo em resina, dispendioso e frágil, a opção será realizar uma conversão a partir de um dos muitos modelos de StuG III, tendo sido nossa decisão recorrer ao "kit" da HaT, que já apresentamos na sua configuração original e convertido para uma versão C.
Enviar um comentário