quarta-feira, 22 de abril de 2009

Tanque Mk V convertido - 3ª parte


Image Hosted by ImageShack
Uma imagem da rectaguarda do Mk V, com escotilhas abertas

Aproveitamos a pequena peça sobrante, virada ao contrário, para tapar o buraco existente, após o que normalizamos e regularizamos as superfícies, tentando fazer desaparecer as zonas de corte.

Na rectaguarda, optamos por substituir integralmente a peça fornecida de origem e substituí-la por uma em folha de plástico, recorrendo à mesma peça que sobrou do mesmo "kit" da Airfix para construir a parte superior do depósito de combustível, optando por deixar aberta uma das portas.

O resto do depósito foi igualmente feito a partir de uma peça aproveitada, sendo que a parte inferior e a plataforma de carga, colocada em posição aberta, são rectangulos cortados em folha de plástico e colados sob o corpo do veículo.


Image Hosted by ImageShack
Uma imagem superior da rectaguarda do Mk V

Uma última adaptação, ainda incompleta, é o escape, completamente diferente, com os colectores colocados centralmente e uma saída pelo lado esquerdo que ainda está incompleta enquanto se espera por um tubo compatível que possa ser aproveitado.

Não vamos abordar questões de montagem e pintura, dado serem semelhantes às que descrevemos nos textos referentes ao Mk IV "Male" da Emhar, pelo que os interessados podem relê-los e esclarecer aí eventuais dúvidas.

Para completar este Mk V faltam alguns detalhes, entre eles vários rebites que serão provenientes de uma folha da Archer Transfers, a adquirir proximamente, mas o modelo, tal como está, já reproduz com uma fidelidade bastante aceitável um tanque que não existe ainda na escala 1/72, prometendo voltar a esta conversão quando recebermos o material em falta.
Enviar um comentário