terça-feira, 23 de junho de 2009

O PzKfW V Panther A da Esci - 2ª parte


Image Hosted by ImageShack
O PzKfW V Panther A da Esci

Após a montagem da parte inferior da carroçaria e a colocação dos segmentos que formam as lagartas, a grande maioria do trabalho está concluída, podendo-se seguir as instrucções do fabricante em termos de montagem.

O Panther não oferece grandes dificuldades, mas exige sobretudo uma grande atenção e precisão na colocação de um sem número de pequenas peças e acessórios, que por um lado adicionam alguma complexidade, mas por outro são essenciais para melhorar o aspecto final do modelo.

Nesta altura convém decidir se o modelo fica com o aspecto que vem de origem ou se pretendemosa finalização rugosa do "zimmerit", a pasta anti-magnética usada pelos alemães para prevenir a colocação de minas magnéticas, dado que desta opção depende a sequência de montagem.


Image Hosted by ImageShack
O PzKfW V Panther A da Esci

Para aqueles que, como nós, optarem por dar um aspecto semelhante ao da "zimmerit", sugerimos que o modelo seja coberto, nas zonas superior do veículo e da torreta, com uma fina camada de "putty" da Tamiya antes de serem colados os acessórios.

Para além do betume da Tamiya, tentamos com outros produtos e modelismo equivalentes, mas sem os mesmos resultados, dado que são mais espessos e mais difíceis de trabalhar, embora nalguns casos, de maior resistência.

A colocação de "zimmerit" é simples, mas trabalhosa, dado que exige uma camada uniforme de betume que será trabalhada com uma pequena chave de fendas, com a qual se obtem o padrão típico deste material, podendo-se após a secagem recorrer a uma lixa fina para dar um acabamento mais regular.
Enviar um comentário