terça-feira, 14 de julho de 2009

Edificações do "Senhor dos Aneis" - 2ª parte


Image Hosted by ImageShack
Um canhão FK 96 da Emhar junto de umaa edificação do "Senhor dos Aneis"

Conforme a finalidade, optamos por usar distintos tons de cinzento, para além de, entre as várias camadas aplicadas, colocarmos algum pó, de modo a que a textura, demasiado lisa e a lembrar o plástico, ficasse mais rugosa.

Começamos com um cinzento relativamente escuro em algumas das peças e bastante mais claro noutras, sendo que estes foram sendo sucessivamente misturados com branco de modo a aumentar o contraste com o fundo.

Também optamos, numa das peças, que serve de fundo a uma base que tem uma peça FK 96 da Emhar e uma guarnição da HaT por usar alguma cola para segurar uma mistura de pó num dos cantos interiores, disfarçando algumas imperfeições, algo que complementamos com umas pincelada de tinta castanha.


Image Hosted by ImageShack
Outra imagem do mesmo cenário

Neste caso concreto, as ruinas têm um segundo propósito que aconselhamos vivamente quando os modelos sejam frágeis ou neles tinta e cola não adiram da melhor forma, permitindo uma manipulação mais fácil sem que haja contacto com o canhão ou com as figuras.

Seja individualmente, seja em conjuntos, aconselhamos a colar estas ruinas em bases adequadas, construidas em plástico rígido, as quais podem ser facilmente finalizadas com uma pintura rápida, uma camada de cola e uma mistura de pó, relva electrostática e pequenas pedras, dando assim um aspecto mais real ao conjunto.

Quando adquiridos em promoções ou como sobras, as peças includas com estes fascículos acabam por se revelar económicas e o seu plástico, extremamente fácil de trabalhar e pintar, permite uma finalização rápida e um resultado agradável.
Enviar um comentário