sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Melhoramentos de fabricante - 2ª parte


Image Hosted by ImageShack
Portugueses convertidos de canadianos e ingleses da HaT com metralhadoras Vickers

Chamamos a atenção para o facto de o conjunto de figuras de que dispomos ser uma pré-produção, portanto ainda passível de melhoramentos, pelo que pequenos erros ou defeitos, como a falta de defenição do capacete do oficial, podem ainda ser corrigidos.

No entanto, mesmo nesta fase, são patentes as diferenças nos detalhes das armas, podendo-se chamar atenção para os aneis do cano ou o carregador da Lewis ou as próprias dimensões do morteiro Stokes, que está errada no conjunto canadiano.

Também o conjunto da Vickers, onde a típica falta do indispensável reservatório de água é um erro flagrante dado impossibilitar o funcionamento da arma, merece alguma análise, sendo visíveis as diferenças no detalhe e próprio comprimento do cano e no próprio tripé.


Image Hosted by ImageShack
Portugueses convertidos de canadianos e ingleses da HaT com metralhadoras Vickers

O morteiro Stokes é, no entanto, onde o progresso é mais visível, sendo óbvio que a dimensão foi corrigida e foram adicionados detalhes essenciais, sobretudo na parte superior do tripé, agora correctamente reproduzido, e na manivela do sistema de elevação.

Para além das armas, também as equipagens foram corrigidas, com poses mais naturais e nível de detalhes muito superior, sobretudo a nível das faces, que era o ponto mais negativo dos canadianos e que mereceu inúmeras críticas negativas por parte de modelistas e comentadores.

Congratulamo-nos pelo facto de a HaT não se ter limitado a reproduzir modelos existentes, compondo assim um novo conjunto mais específico, mas tê-lo feito de raiz, sem recorrer a nenhum dos modelos ou figuras existentes, única forma de, efectivamente, apostar num significativo aumento de qualidade.
Enviar um comentário