sexta-feira, 25 de setembro de 2009

A cavalaria Sueca da Guerra dos 30 anos da Revell - 1ª parte


Image Hosted by ImageShack
Algumas figuras da cavalaria Sueca da Revell

Integrado no conjunto referente à Guerra dos 30 anos, mas que pode ser utilizada em inúmeros conflitos ocorridos ao longo do século XVII, encontra-se a excelente cavalaria Sueca, que inclui uma interessante variedade de figuras.

A Revell optou por incluir couraceiros, cavalaria de linha ou arcabuzeiros, com capacete e couraça, e cavalaria ligeira, sem qualquer espécie de protecção, cobrindo assim a maioria das opções usadas pelas diversas força que participaram neste conflito.

A opção pelos couraceiros não deixa de ser curiosa, dado que eram usados sobretudo pelas forças dos Habsburgos e bastante raras entre outros beligerantes, pelo que será de equacionar se a Revell não terá usado a designação "Sueco" para algo bastante mais genérico.


Image Hosted by ImageShack
Algumas figuras da cavalaria Sueca da Revell

Se no século XVII os couraceiros, com armaduras completas, eram cada vez mais raros devido à maior preponderância das armas de fogo, a cavalaria de linha, com capacete e couraça era a mais comum nos vários exércitos, constituindo a base das unidades montadas.

Menos comum e realmente mais associáveis à Suécia, encontra-se a cavalaria ligeira, sem qualquer protecção, que se destinava sobretudo a reconhecimento, flagelação ou missões de cobertura de flancos ou onde fosse dada primazia à mobilidade e não ao poder de choque.

O conjunto que pintamos inclui apenas figuras dos dois primeiros grupos, ou seja, couraceiros e arcabuzeiros, dado serem os mais genéricos e servirem, por exemplo, para a Guerra da Restauração que opôs Portugal, sob o reinado de D. João IV, à Espanha de Filipe IV.
Enviar um comentário