quarta-feira, 23 de setembro de 2009

A infantaria Imperial da Guerra dos 30 anos da Revell - 1ª parte


Image Hosted by ImageShack
Algumas figuras da infantaria Imperial da Revell com piques e um oficial

O século XVII é dos mais ignorados pelos fabricantes de soldados em miniatura, pelo que foi uma agradável surpresa o lançamento, no longínquo 1990, de quatro conjuntos produzidos pela Revell, os quais incluiam infantaria sueca e imperial, cavalaria sueca e artilharia imperial.

Estes quatro conjuntos, aos quais de vieram a juntar os três da "A Call to Arms" referentes à Guerra Civil Inglesa e outro da Zvezda, têm o condão de permitir representar a maioria dos exércitos deste período, dado que não existiam uniformes, na real acepção da palavra e os combatentes acabavam por se equipar de acordo com a capacidade económica de quem serviam.

O excelente conjunto da infantaria imperial, que se destina na origem a representar as forças dos Habsburgos, mas pode ser utilizada de múltiplas formas é, sem dúvida, uma das melhores produções em termos esculptóricos até hoje realizadas, sendo de lamentar não estar actualmente em produção.


Image Hosted by ImageShack
Outro angulo das mesmas figuras da infantaria Imperial da Revell

Este conjunto é composto por um total de 47 figuras, em 16 poses diferentes, as quais incluem oficiais, porta-estandarte, tambor e um conjunto de soldados armados com piques e outro com mosquetes, representando assim o misto utilizado em combate.

Apesar da excessiva altura das figuras, que apontam para valores reais na ordem do metro e oitenta, muito superior à média da época, e de os piques serem excessivamente curtos face ao regulamentar, estamos diante de um conjunto realista, excelentemente esculpido e moldado, com uma apreciável variedade de poses que lhe conferem uma flexibilidade notável.

Dado que não existiam uniformes, a variedade do vestuário e equipamento nesta época era enorme, pelo que apenas alguns elementos, como as armas, peças metálicas ou em couro e a pele humana, têm uma cor defenida, podendo as restantes ficar quase ao critério dos modelistas.
Enviar um comentário