segunda-feira, 7 de setembro de 2009

O Land Rover Defender da Britains - 2ª parte


Image Hosted by ImageShack
O Land Rover Defender da Britains

Esta opção de rentabilização é lógica, tal como o é, embora a lamentemos, a de usar o mesmo tipo de jantes e os estribos laterais nos vários modelos, quando é mais ou menos óbvio que num veículo de trabalho, como os "truck cab", esta opção faria pouco sentido.

O interior, pouco visível, encontra-se bastante detalhado, embora o volante à direita possa ser pouco popular e a sua modificação e afigure como trabalhosa, embora possível recorrendo a um pequeno transplante, que obriga a cortar o tablier em dois locais distintos.

O conjunto de detalhes é razoável, com uma boa reprodução da grelha, jantes e pneus, zonas vidradas ou os próprios espelhos, mas, por outro lado, a pintura não é da qualidade que esperamos numo modelo destas dimensões, apresentando falhas, por exemplo, ao nível dos faróis traseiros, que são apenas pintados.


Image Hosted by ImageShack
O Land Rover Defender da Britains

Uma das opções a ter em conta, é a de desmontar o modelo e usá-lo como base, eventualmente reproduzindo um veículo específico, algo que não será difícil de conseguir caso este partilhe as mesmas jantes com o modelo, já que em termos de pintura e outras pequenas modificações, tal não oferece demasiada complexidade.

Consideramos este Defender como de qualidade média, abaixo do nível que se pode esperar de um modelo desta dimensão e que custa, com portes, entre quinze e vinte euros, valor que justifica, a nosso ver, um conjunto de detalhes adicionais e a adição de algumas peças que aproximassem mais esta reprodução da realidade.

Para os adeptos da marca, perante a falta de alternativas, esta será uma opção a ter em conta, sobretudo se for possível adquirí-lo num leilão, pelo valor mais baixo que conseguimos e que em pouco excede a dúzia de euros.
Enviar um comentário