quinta-feira, 29 de outubro de 2009

O "Hummel" da Esci - 2ª parte


Image Hosted by ImageShack
O "Hummel" da Esci junto do StuH 42 da HaT

O "kit" da Esci, apesar de antigo, reproduz fielmente este veículo de combate, podendo ser melhorado através da introdução de pequenas alterações que irão diferenciar o modelo, que existe em versão com lagartas flexíveis, numa primeira fase, e rígidas, numa fase posterior.

O processo de construção em sí é extremamente simples, com peças bem moldadas, que encaixam na perfeição, instruções detalhadas e sem complexidades que assustem mesmo modelistas pouco experientes, concentrando-se eventuais dificuldades na montagem da peça e respectivos suportes.

A maior parte do trabalho, sobretudo na versão que inclui as lagartas compostas por segmentos de plástico rígido, concentra-se nos rodados, suspensão e parte inferior do chassis, não oferecendo, no entanto, dificuldades de maior, com excepção da pintura da borracha das rodas, que será feito em negro ou cinzento muito escuro.


Image Hosted by ImageShack
O "Hummel" da Esci junto do StuH 42 da HaT

É de notar que, ao contrário de outros veículos baseados no PzKfw IV, o "Hummel" tem apenas o rodado exterior, e não um rodado duplo comum à esmagadora maioria dos carros de combate baseados neste chassis.

Mais complexa é a montagem da peça, sendo decisivo para o sucesso a colagem das duas metades do cano e mecanismo recuperador, que necessitam de ser perfeitamente alinhadas, de forma a que o tubo fique circular, sem uma junção visível ao longo de todo o comprimento.

As restantes peças do canhão, que incluem suportes e miras, para além de alguma fragilidade e da sua reduzida dimensão, não oferecem dificuldades de maior, carecendo apenas de alguma atenção na altura da remoção da grelha de suporte e durante a colagem.
Enviar um comentário