terça-feira, 3 de novembro de 2009

Marinheiros portugueses com peça de 150 mm


Image Hosted by ImageShack
Imagem publicada na Ilustração Portugueza

A participação da marinha portuguesa na Grande Guerra consistiu, essencialmente em missões de transporte e de escolta de combóios ou embarcações civis, sendo o episódio mais conhecido o do "Augusto de Castilho", afundado por um submarino alemão quando protegia um transporte.

No entanto, foram numerosas as missões em que participaram navios da Armada, muitas delas envolvendo elevado risco e das quais dependiam o abastecimento dos arquipélagos dos Açores e Madeira, bem como dos contingentes em África, tal como o transporte de tropas.

Os marinheiros portugueses aqui fotografados envergam os uniformes típicos dos anos da 1ª Guerra Mundial, sendo de realçar a mistura entre peças de fardamento branca e azul, algo que, não sendo regulamentar, parecia ser bastante usual.

Também é de notar que o equipamento, exceptuando os bonés dos artilheiros, são idênticos aos do Exército, uma partilha que era extensível ao armamento dos fusileiros navais, os quais estiveram presentes nos combates em África.

A peça de 150 mm de montagem naval, era das mais utilizadas pela Armada, permanecendo em uso muito depois de terminado o conflito, seja em navios, seja em baterias de defesa da costa as quais ficaram activas durante décadas.
Enviar um comentário