sábado, 5 de dezembro de 2009

Cavaleiros da Planeta de Agostini - 3ª parte


Image Hosted by ImageShack
O conjunto dos cavaleiros da Planeta de Agostini

Temos, finalmente, a questão dos arcos e flechas, que podem estar a ser utilizados ou simplesmente transportado, mas que não faziam parte do armamento utilizado no Ocidente, enquanto eram bastante comuns em diversos povos das estepes, onde a cavalaria desempenhava uma missão mais relevante, dadas as grandes extensões a percorrer.

Não é difícil remover os arcos e os respectivos sacos ou aljavas, recorrendo a um bisturi e, seguidamente, regularizar a superfície com uma pequena lixa e finalmente com um pouco de betume ou mesmo com um verniz espesso.

Os capacetes, que também são pouco típicos, podem ser neutralizados removendo decorações, de modo a ficarem tão indistintos quanto possível, sendo uma alternativa quer a troca de cabeças, quer uma pequena transformação de que resulte a eliminação do capacete.


Image Hosted by ImageShack
O conjunto dos cavaleiros da Planeta de Agostini

Os escudos utilizados, de formato redondo, podem ser substituidos por outros recortados em folha de plástico, com um formato mais comprido, que depois de pintados e com a decoração que facilmente resulta de um decalque sobrante de um modelo, ficam com um aspecto original e bem finalizado.

Após a introdução de uma ou mais destas alterações, estas figuras aproximam-se muito mais do que eram os cavaleiros medievais da Europa Ocidental, podendo substituir miniaturas bastante mais dispendiosas e difíceis de obter à custa de algum trabalho.

Não sendo miniaturas exactas de nenhum exército ou povo que conheçamos, estes cavaleiros são uma base interessante e barata para modificações, sendo o trabalho facilitado pelo plástico utilizado, semelhante aos dos "kits" e sem dureza excessiva.
Enviar um comentário