quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

A cavalaria inglesa da HaT da 1ª Guerra Mundial - 1ª parte

Image Hosted by Google Cavalaria inglesa da HaT da 1ª Guerra Mundial

No centenário do início da 1ª Guerra Mundial espera-se que muitos fabricantes de miniaturas reforcem a sua oferta para este periodo, lançando novos modelos, reeditando alguns antigos e disponibilizando edições especiais ou séries limitadas, numa nítida aposta num aumento de vendas de modelos para este conflito.

A cavalaria inglesa para o princípio da Grande Guerra já se encontra disponível, sendo composta por um conjunto de três grelhas cada uma delas com cinco cavaleiros, um dos quais um oficial, e quatro cavalos, acrescendo as bandoleiras e mantas enroladas para as montadas e braços separados para as figuras.

Os braços separados, apesar do número coincidir com o número de figuras que deles necessitam, permitem, em conjunto com a troca de montadas, aumentar a variedade dos conjuntos, evitando um pouco repetições, algo que estaga a visão de conjunto de uma dúzia de cavaleiros que se pretende conseguir com uma única caixa.

Image Hosted by Google Cavalaria inglesa da HaT da 1ª Guerra Mundial

As figuras, na sequência do que a HaT tem vindo a apresentar, estão bem detalhadas, com um excelente rigor histórico, reproduzindo com exatidão o aspecto da cavalaria britânica no início do conflito, altura em que estas formações desempenharam um papel com maior relevo.

O armamento inclui a lança, presente na maioria das figuras, estando todas elas equipadas igualmente com um sabre, desembainhado no caso do oficial, o único que não possui espingarda, sendo que uma das figuras, que não dispõe de lança, empunha a conhecida Lee Enfield, que serviu as forças britânicas nos dois conflitos mundiais.

A preparação destas figuras é simples, dado terem muito poucas marcas de moldagem, mas as existentes devem ser removidas com uma lâmina, podendo-se passar um pouco de lixa ou colocar um pouco de cola instantânea, que faz desaparecer esse tipo de imperfeição, após o que se pode colar os braços nas figuras que os tenham em separado.
Enviar um comentário