quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

A cavalaria inglesa da HaT da 1ª Guerra Mundial - 3ª parte

Image Hosted by Google Cavalaria inglesa da HaT da 1ª Guerra Mundial

Optamos por rentabilizar ao máximo o conjunto, pelo que nos socorremos de dois cavalos da Infantaria Montada Alemã e de uma figura da artilharia inglesa da Grande Guerra, ambos do mesmo fabricante para passar dos quatro cavaleiros que a grelha que recebemos permitia para seis.

A inclusão da figura proveniente do conjunto de artilharia pode, naturalmente, ser contestada, dado que tem o capacete típico da segunda fase da guerra e não o boné utilizado no início, acrescendo a máscara anti gás, no respectivo estojo, sendo a lança construida a partir de uma pequena haste metálica, pelo que é mais fina do que as outras, sendo encimada por um pequeno guião.

No entanto, em conjunto com um oficial, que usaram o mesmo uniforme e boné ao longo de toda a guerra, esta figura suplementar não destoa, pelo menos em demasia, sendo esta uma forma de aproveitar uma figura destinada a um trem de artilharia, o qual ainda não está disponível.

Image Hosted by ImageShack Cavalaria inglesa da HaT da 1ª Guerra Mundial

Este é um conjunto que merece uma nota extremamente positiva, ostentando uma qualidade muito superior à dos rivais da Strelets-R, cuja única vantagem é a inclusão de doze figuras e seis cavalos diferentes, mas onde as defeciências a nível de escultura e mesmo de rigor histórico são mais que óbvias.

A 1ª Guerra Mundial, não obstante algumas acções de sucesso, nomeadamente fora da Europa, assinalou o fim da importância da cavalaria montada, tal como acontecera no passado e ao longo de séculos, onde cavaleiros e montadas foram decisivos nos campos de batalha, pelo que demorou muito até que os fabricantes de miniaturas reconhecessem a sua presença.

No ano em que se celebra o centenário sobre o início da Grande Guerra, este é um justo tributo aos que nela combateram, independentemente da nacionalidade, sendo de prever que muitos outros conjuntos abordando o mesmo tema venham a ser disponibilizados, sobretudo quando nos aproximarmos de Agosto, altura em que se deu início a este conflito.
Enviar um comentário