sexta-feira, 29 de maio de 2015

Os paraquedistas ingleses da Airfix na escala 1/32 - 1ª parte

Apesar de este "blog" ter uma especial incidência na escala 1/32, ocasionalmente abrimos uma excepção, que neste caso resulta do facto de, juntamente com os restos que costumam sobrar após a montagem de "kits", se encontrarem algumas figuras do antigo conjunto de paraquedistas ingleses da Airifix, que nesta altura terão quase quarenta anos.

Foi já nos anos 70 que a Airfix, então no seu auge, apresentou uma sequência de conjuntos de figuras na escala 1/32, algumas das quais foram recentemente reeditadas, dada a sua actualidade, nalguns casos, como forma de responder à nostalgia de alguns colecionadores que pretendiam adquirir alguns dos modelos que fizeram parte das respectivas colecções.

Entre os conjuntos de melhor qualidade encontra-se o que representa os paraquedistas britânicos durante as acções que protagonizaram durante as etapas finais da 2ª Guerra Mundial, nomeadamente durante o desembarque na Normandia ou naquela que, quase certamente, foi a acção que mais as celebrizou, o ataque a Arnhem, na Holanda, recordado no filme "A bridge too far".

A Airfix fornece estas figuras em conjuntos que podem ser de 29 unidades, tal como foi feito inicialmente, ou de 14, que veio a suceder-lhe, incluindo o mesmo número de poses, ou seja, na caixa com maior número de figuras apenas aumenta o número, mas não a variedade, sendo o número de repetições algo excessivo.

Realizado naquela que podemos considerar a época de ouro da Airfix, este conjunto inclui um oficial e radio-operador, atiradores de pé e ajoelhado, soldados em movimento, armados com a espingarda Lee Enfield e a metralhadora ligeira Bren, e um último a lançar uma granada de mão, armado com a pistola metralhadora Sten, muito associada aos paraquedistas e às forças da Resistência.

No total, são 7 posições diferentes, com o equipamento de combate mais ligeiro, portanto com cartucheiras, cantís, baionetes, mas sem mochilas ou sacos, alguns com o capacete típico desta força e outros com a boina vermelha que identifica os paraquedistas britânicos, pelo que, objectivamente, o conjunto inicial, com 29 figuras, incluia largos números de poses repetidas, o que, para os modelistas, se revelava pouco agradável.
Enviar um comentário