segunda-feira, 22 de junho de 2015

O "Afrika Korps" da Esci - 3ª parte

O conjunto de que dispomos tem alguns anos, destinando-se a ser utilizado em jogos de guerra, também conhecidos por "wargames", para o que foi necessário pintar uma quantidade razoável de figuras, efectuada em lotes de uma dúzia, num curto espaço de tempo, pelo que se perdeu alguma qualidade em termos de detalhes por, no fundo, funcionarem como marcadores ou peças num jogo.

Assim, sobre uma base de tinta acrílica negra, essencial mesmo sobre este tipo de plástico, foram pintados primeiramente os grandes blocos, como calças ou casacos, passando depois a zonas de menores dimensões, como capacetes ou calçado, seguindo-se as faces ou mãos, de modo a ter uma estrutura à qual falta detalhes e defenições.

Seguidamente, foram pintados os detalhes, como as correias e cintos, equipamento, que inclui máscaras anti-gás ou cantís, e as armas, ficando para o fim a subsituição da base original, que é cortada ao nível dos pés, por uma mais simples e de menor espessura, cortada a partir de uma superfície de plástico, a qual é pintada em cor de areia, coberta de cola branca e polvilhada com um pó usado no modelismo ferroviário, de modo a ter um aspecto mais discreto e realista.

Por envolver cortes e colagens, só após ter colocado as bases defenitivas são efectuados os retoques, que passam pela melhor delimitação das zonas de transição de cor, marcada a negro, bem como as últimas pinturas em zonas mais expostas, como uns toques metalizado nas armas, as quais podem ser afectadas na altura em que é necessário efectuar maior pressão sobre as figuras.

Por uma questão de facilidade, optamos por uma pintura relativamente uniforme, ou seja, selecionamos um dos tons usados pelo "Afrika Korps", concretamente o verde oliva, com os capacetes em amarelo areia, limitando-nos a pincelar estas superfícies com um tom ligeiramente mais claro e a recorrer a uma aguada escura que, ao escorrer para as zonas mais fundas, aumenta substancialmente o contraste.

Este processo é relativamente rápido para realçar os detalhes, existindo produtos específicos para o efeito, a maioria dos quais pode ser identificados por terem a palavra "Wash" ou "Dip" nos nomes, com alguns fabricantes a prometerem autênticos milagres que, efectivamente, resultam apenas da qualidade do trabalho previamente realizado.
Enviar um comentário