segunda-feira, 17 de agosto de 2015

As bases provenientes de caixas de CD - 1ª parte

Nalguns foruns, foram-nos colocadas diversas questões relativamente à realização da pequena base que usamos para o Messerschmitt Bf 109 E4/7 da Airfix, baseada numa simples caixa de CD, a qual estava ligeiramente danificada e já se adequava pouco à sua função original.

Um cenário, para além das questões meramente técnicas, ou seja da sua realização, do cuidado com os detalhes e acabamentos, deve replicar algo que pode, efectivamente, acontecer, pelo que tem que existir compatibilidade entre os vários elementos incluídos em termos históricos e funcionais.

Como exemplo, para melhor nos explicarmos, não faz qualquer sentido colocar num cenário que reproduz um ambiente de uma dada frente de combate, o modelo de um veículo ou equipamento que nunca foi utilizado nesta, tal como é absurdo posicionar lado a lado um modelo que foi utilizado até um dado ano e outro que surgiu passado algum tempo e nunca coexistiram operacionalmente.

Outro erro, dos mais comuns, é adicionar elementos em excesso numa dada cena, resultando, tantas vezes, num cenário absurdo, onde modelos individualmente bem finalizados estão posicionados tão perto uns dos outros que quase parece um engarrafamento ou uma manifestação, o que, em ambiente de combate, no período mais recente, tende a não ocorrer, tais os perigos e vulnerabilidade que daí resultam.

Também é um erro, na maior parte dos casos, colocar figuras ou outros elementos que representam inimigos demasiado perto, pois o poder de fogo das armas, desde há muito, é de tal forma devastador que eliminariam quem se aproximasse demasiadamente, algo que, objectivamente, ninguém quereria fazer, sabendo bem qual o resultado.

Portanto, para além de evitar demasiados elementos, sobretudo numa área tão pequena, caso a cena reproduza um combate, deve-se ter em atenção como estes decorriam na realidade, sendo fácil de através de fotos e documentação disponível na Internet perceber que tipo de conteúdo e de disposição se pode escolher.
Enviar um comentário