segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Alguns acessórios para cenários - 5ª parte

A montagem em sí, é simples, bastando ter os cuidados necessários e a precisão no seu posicionamento, sendo necessário, no seu termo, retocar os locais onde as peças foram separadas da grelha, pintar alguns detalhes, como os faróis, punhos do guiador ou matrículas, após o que se pode proceder à colocação dos decalques, de acordo com a versão selecionada.

Os "Kettenkraftrad" tinham poucas insígnias, tal como as motocicletas, consistindo nas matrículas, insígnia da unidade e símbolo táctico, para além de alguns avisos, pelo que este passo é pouco trabalhoso, bastando recortar os decalques da folha, de acordo com os contornos e deixando o mínimo de margem possível, submergí-los em água morna e deslizá-los para o local pretendido, após o que se pressionam com uma esponja ou um simples lenço de papel.

Para quem está menos habituado, num modelo tão pequeno como o "Kettenkraftrad", é absolutamente necessário recortar os decalques sem margem para além do estritamente necessário por questões de prudência, sem o que não será possível colocá-los de forma adequada, sobretudo nas matrículas, cuja dimensão do suporte coincide com a do decalque, pelo que a margem não poderia assentar numa superfície, o que implicaria uma operação delicada, a de recortar o excesso após a colocação.

A finalização é simples, com uma pequena aguada de cor escura, algumas pinceladas em tom de ferrugem nalgumas arestas mais expostas, e outras em tom de areia na parte inferior, onde o pó se tende a acumular, o que, para além de aumentar o realismo, elimina o brilho artificial dos decalques, podendo o modelo ser colocado, sem ser colado, no local pretendido.

Com estes elementos distribuidos pelo cenário, podem ser adicionadas algumas figuras, aconselhando-se até seis por avião, com poses compatíveis com as actividades comuns num aeródromo e que se integrem com o modelo principal, o que implica, por exemplo, que caso o motor esteja visível, faz sentido algumas das figuras estarem a trabalhar directamente nele.

Este foi um conjunto de sugestões, fáceis de realizar, que exijam o mínimo de material, e que não representem um encargo substancial, que podem ser extrapoladas para um cenário diferente, servindo mais de pistas e de inspiração do que como um caminho a seguir, ficando o essencial à imaginação dos nossos leitores.
Enviar um comentário