sexta-feira, 25 de setembro de 2015

O Messerschmitt Bf 109E da Academy - 3ª parte

Caso se pretendam efectuar modificações, como mudar a posição de lemes, "flaps" ou ailerons, o que implica proceder ao respectivo corte, este é o momento para o fazer, pois com essas peças montadas, a probabilidade de algo correr mal em termos de corte ou de se danificar alguma peça aumenta de forma muito substancial devido à necessidade de fazer alguma pressão e segurar bem todo o conjunto.

Nesta fase pode-se proceder à montagem básica do modelo, colando as duas metades da fuselagem, com o interior completo e prendendo o pino do hélice, após o que se colam os estabilizadores da cauda e respectivos suportes, e as asas, compostas por dois planos superiores e um inferior, que devem ser colados entre sí antes de adicionados ao conjunto.

Convém lixar ligeiramente a zona das colagens, fazendo desaparecer linhas de junção, podendo-se passar um pouco de verniz, que depois será igualmente lixado, preparando uma superfície uniforme, onde não seja possível identificar as zonas onde as peças se encontram, dado que a estrutura de montagem do "kit" nada tem a ver com a do avião real.

Nesta altura, o "kit", faltando os detalhes, já tem a sua forma final, aconselhando-se a, nesta altura, colar a entrada do filtro de ar, a roda traseira do trem de aterragem, os contra pesos dos ailerons, a blindagem do piloto, podendo-se ainda, caso se pretenda cortar um dos decalques das cruzes, o tubo destinado a medir a velocidade.

Pintamos à parte o hélice, com as pás em negro e a estrutura interior em metal, bem como o exterior em verde muito escuro, a estrutura do "canopy", em verde escuro, bem como o trem de aterragem dianteiro, em verde, com pneus em negro e as tampas, no exterior, da cor inferior das asas, que ficam assim prontos para serem adicionados ao modelo.

Pode-se agora pintar o avião, com as superfícies inferiores e laterais em azul claro e as restantes, a parte superior das asas, estabilizadores e fuselagem, num padrão de camuflagem feito com verde escuro e cinzento em formas algo geométricas, algo que os alemães usavam e, efectivamente, era único na sua força aérea.
Enviar um comentário