sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Os conjuntos de figuras da Luftwaffe da Preiser - 3ª parte

Assim, o pequeno grupo em uniforme tropical, aquele que mais destoa dos restantes, tem um fardamento essencialmente em tons de amarelo, embora alguns pilotos, mesmo no clima quente, optassem por utilizar um fato de voo que, sendo mais incómodo, oferecia uma protecção mais adequada do que calções e camisa, um vestuário que nada protege em termos de impacto ou de incêndio, mas que, pelas fotos, tinha a preferência de muitos pilotos.

Na Europa, a cor dominante era o azul acinzentado da Luftwaffe, com os equipamentos de voo a ter uma cor amarelada ou acastanhada, sendo normais os blusões castanhos e negros, com ou sem gola, muitos deles provenientes da captura de material inimigo, e que eram utilizados como símbolo de status, exteriorizando o sucesso resultante do derrube de aviões inimigos, de onde era proveniente muito do equipamento reutilizado e, após fundição, muita da matéria prima usada para o fabrico de novas aeronaves alemãs.

O plástico branco deve ser coberto por um primário escuro, não para que a tinta adira melhor, como forma de aumentar o contraste das cores, e de modo a cobrir pequenas falhas nas zonas de junção das duas partes do molde, que deverão ter sido corrigidas, com um pouco de lixa, antes da utilização de qualquer tinta.

Seguidamente, optamos por, tal como em casos anterior, pintar os grandes blocos, como as fardas, face, mãos e pernas, bem como os acessórios de maior dimensão, que incluem os coletes de salvação, obrigatórios quando as missões decorriam perto do mar ou de cursos de água com alguma dimensão, após o que todas estas zonas são ligeiramente aclaradas, com a mesma tinta, na qual foi misturado um pouco de branco, aplicada suavemente nas zonas mais expostas.

Na fase seguinte, para além dos detalhes, pintamos sombras ou zonas de delimitação recorrendo a preto muito diluído, aplicado com um píncel muito fino, sendo igualmente de adicionar alguns retoques nos equipamentos ou calçado que reproduzam o desgaste e a sujidade que aí se tendem a acumular.

Por usarem conjuntos de cor diferentes, pintamos separadamente os mecânicos, que usam uniformes negro, o grupo com uniforme tropical, os tripulantes de bombardeiros, sentinela e oficial, todos com o uniforme azul acinzentado, e os pilotos de aviões de caça ou de "Stuka", com os fatos de voo em tons de amarelo escuro ou castanho.
Enviar um comentário