segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Suástica em aeronaves alemãs - 3ª parte

Todas estas alternativas, para modelos que vão desde a escala 1/144 até à escala 1/24, cobrindo os diversos modelos e dimensões, para além da maioria dos estilos, estão disponíveis no mercado, sob a forma de decalques, a mais habitual, mas também em stencil, ou máscara, que é aplicada no local e permite uma pintura fácil, obtendo-se resultados mais realistas.

Uma folha simples de decalques tem um preço que ronda a meia dúzia de Euros, incluindo largas dezenas de cruzes, normalmente num único estilo, com tamanhos apropriados aos aviões feitos numa dada escala, o que, por incluir desde pequenos caças a bombardeiros, implica dimensões distintas.

É manifesto que a quase totalidade dos modelistas que conhecemos inclui a suástica nos modelos, por uma questão de rigor Histórico, que a esmagadora maioria respeita e aprecia, pelo que só muito raramente encontramos quem opte pelo contrário, algo que acontece, sobretudo, quando o objectivo é expor publicamente, evitando chocar quem considere inadmissível a exposição pública de símbolos nazis.

Este será sempre um assunto delicado, mas a pior opção é branquear a História, ocultando factos ou distorcendo a realidade, e, por muito que um determinado símbolo, como representante de uma ideologia e de tudo o que ela representa choque, bem mais chocante e perigoso é o esquecimento, que normalmente se traduz pela repetição, mesmo que sob forma diversa, de algo que se quer evitar a todo o custo.

Os modelos ou miniaturas dificilmente podem ser destinados a propaganda, pelo que o impacto de uma suástica na cauda de um pequeno avião será nula ou insignificante, tal como o efeito de recordar que os combates que foram travados pelas aeronaves reproduzidas, eram não apenas em prol de uma nação, mas que esta era dirigida segundo uma ideologia cujos fundamentos, condenáveis, estão presente em muitos outros pensamentos políticos.

Cabe ao modelista decidir se quer ou não incluir a suástica, complementando a decoração de um dado modelo e fazendo-o corresponder de forma mais rigorosa ao que era na realidade, sendo esta uma opção pessoal que deverá ter em conta o destino da miniatura, nomeadamente se esta será exposta publicamente ou ficará num local mais reservado.
Enviar um comentário