quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Os conjuntos de figuras da Luftwaffe da Preiser - 5ª parte

A tripulação de bombardeiro, que pode ser um Dornier Do 17 ou um Heinkel He 111, para usar dois exemplos comuns e com uma equipagem compatível em termos numéricos e de uniformes, forma um conjunto interessante, fácil de posicionar entre um aquartelamento, seja um edifício, seja algo mais improvisado, e a aeronave, dando a ideia, pelo passo apressado, que acabou de ocorrer um alerta que implique uma descolagem rápida.

Os mecânicos são úteis, razoavelmente moldados, não obstante a extrema simplicidade do uniforme, mas algo inexpressivos em termos de poses, algumas das quais resultam difíceis de identificar, com a ilustração da caixa, que serve de guia de pintura, a não contribuir para determinar qual a tarefa que desempenham e junto de que avião o fazem, já que da dimensão e configuração deste depende em muito a interacção de cada figura.

Os acessórios incluídos nalguns conjuntos, como mesas, cadeiras, espreguiçadeiras, rádios, bombas SC250, talvez as mais difundidas e usadas por numerosos aviões, rádios, caixas e sacos, bem como os dois cães, ajudam a compor os cenários, mas destinam-se, sobretudo, a ajudar a reproduzir algumas fotos da época que a Preiser utilizou, sabiamente, para selecionar algumas poses, do que resulta, naturalmente, um excelente rigor histórico das mesmas.

Quando comparado com o conjunto da Airfix, que oferece 48 figuras em 14 poses e têm, em média, uma altura de 22 milímetros, os conjuntos da Preiser oferecem menos figuras, que vão desde as 28 às 40, no caso do conjunto formado na sua maioria por paraquedistas, com uma altura perto de 24 milímetros, muito mais adequada para a escala 1/72, mas a diferença de disponibilidade e preço pode ter um enorme peso.

Enquanto o conjunto da Airfix é de fácil aquisição, com um preço que ronda a dezena de Euros, incluindo portes, os da Preiser, para além de raros, e talvez por causa disso, podem ultrapassar a vintena de Euros, igualmente incluindo o envio, pelo que, tendo em conta a quantidade de figuras incluídas em cada, o preço por figura da Preiser pode ser o triplo do de uma da Airfix, o que, obviamente, não deixa de ser penalizador para o fabricante alemão.

Apesar da idade, estes conjuntos da Preiser, com o conteúdo em parte reeditado pela Revell, continuam a ser os que melhor replicam o pessoal da Luftwaffe, oferecendo inúmeras opções e, pela forma e material utilizados, constituindo uma excelente base para modificações, resultando numa fonte quase inesgotável de novas figuras que podem cobrir a maioria das frentes e períodos da 2ª Guerra Mundial.
Enviar um comentário