quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Os "Quick Build" da Airfix - 1ª parte

Atrair os mais jovens é essencial para a sobrevivência de qualquer fabricante, e a Airfix tem absoluta consciência disto, sobretudo numa época onde os "kits" encontram uma concorrência crescente por parte das novas tecnologias e, inclusivé, de modelos construidos ou quase, que dispensam grande parte do trabalho.

Não sendo propriamente um "kit", pelo menos na acepção normal da palavra, os modelos da série "Quick Build" da Airfix destinam-se a incentivar os mais jovens, a partir dos 6 anos de idade, a entrar no mundo do modelismo, sendo um ponto de partida para a construção de modelos mais complexos.

Os "Quick Build" dispensam cola ou pintura e mesmo os habituais decalques são substituidos por autocolantes, de muito fácil aplicação, sendo, basicamente, um "puzzle" tridimensional concebido de forma muito semelhante ao de uma construção em Lego, com as peças a encaixar de forma idêntica às do popular sistema de origem dinamarquesa.

Sem uma escala defenida, com dimensões que correspondem, essencialmente, ao volume da caixa em que são vendidos, estes modelos compostos de peças coloridas, que encaixam com uma grande precisão, são, manifestamente de muito boa qualidade técnica, sendo patente o cuidado que a Airfix colocou na concepção e desenvolvimento desta série onde este conhecido fabricante voltou a inovar.

As cores, os próprios padrões de camuflagem, quando existentes, resultam da conjugação das diversas peças, resultando num "puzzle" que, parecendo complexo, é fácil de construir, seguindo as instruções fornecidas, igualmente disponíveis no "site", corrigindo-se facilmente qualquer erro, dado que todo o processo, até à colocação dos autocolantes, é facilmente reversível, tal como numa vulgar construção de Lego.

Modelos como o "Spitfire" ou o Messerschmitt 109, dos primeiros desta série, vieram demonstrar a valia da ideia da Airfix e a simplicidade com que se consegue obter um modelo de um avião, com um esquema de pintura variado, onde alguma pequenas imprecisões resultam da dificuldade em dar todas as formas necessárias às peças de diferentes cores, sobretudo em locais onde a complexidade é maior, como onde os lemes encaixam na fuselagem.
Enviar um comentário