segunda-feira, 18 de abril de 2016

O Focke Wulf 190A-8 da Italeri - 2ª parte

Para quem previlegie o preço, consideramos como o modelo da Academy, e por vezes mesmo o da Airfix, aqueles que podem ser adquiridos por um valor mais baixo, com o primeiro a aproximar-se, em termos de qualidade, do modelo da Italeri, enquanto os segundo, no caso da versão mais recente, se revela como francamente superior, justificando bem a sua escolha.

Uma opção a ter em conta para os principiantes é o conjunto que inclui este "kit" e cola, duas tintas e pincel, que, não sendo tudo o que é necessário para finalizar o modelo, apresenta uma relação preço qualidade vantajosa e pode ser completado por um valor mínimo, que corresponde a mais um par de tintas.

Sendo sólidos, sobretudo com o trem de aterragem recolhido, podem ser utilizados com alguma segurança em jogos de guerra, sendo que neste caso sugerimos envernizar o modelo, evitando danos na pintura e decalques durante a inevitável manipulação, revelando-se uma excelente presença em cenários, mesmo face a modelos muito mais recentes.

Para serem utilizados em posição de voo, é necessário adicionar um suporte, não incluído, mas que pode ser proveniente de outro modelo ou, caso se pretenda, contruído, tal como exemplificamos em textos anteriores, para o que, quase certamente, se tem que abrir um orifício no modelo, onde vai encaixar o suporte.

Na fase de montagem, é muito simples adicionar a estes modelos um motor eléctrico, tirando partido do maior espaço interior e mesmo do "capot" separado, o que permite, caso necessário, o acesso ao interior, tornando-se possível efectuar pequenas reparações sem danificar o modelo.

Esperamos que este conjunto de fotos, mais do que quaisquer palavras, permitam avaliar este pequeno FW 190A-8, já com alguns anos, mas que continua em produção, actualmente como parte de um conjunto que inclui algumas tintas, como forma de facilitar a iniciação ao modelismo, fornecendo parte do material necessário à finalização do "kit".
Enviar um comentário