sexta-feira, 6 de maio de 2016

O Messerschmitt Bf 109E Trop da "Easy Model" - 2ª parte

A "Easy Model" utiliza o mesmo molde para um conjunto de miniaturas diferentes do BF 109E, recorrendo a diversas pinturas e com o extra do filtro tropical, quando aplicável, rentabilizando e racionalizando o processo de produção, uma opção comum aos modelos de outros aviões que produz, sempre disponibilizados em diversas decorações.

As linhas deste modelo não são tão correctas como deviam, tendo as proporções certas e os vários elementos e paineis nos locais certos, mas com uma entrada de ar sob o motor exagerada, algo facilmente perceptível quando comparado, por exemplo, com o modelo da Airfix, sendo óbvio que nem tudo o que devia estar presente foi incluído, do que resulta um aspecto algo despido, o que é realçado pela excessiva perfeição dos acabamentos.

A pintura é de boa qualidade, tanto quanto um processo industrial permite, o que significa que é completamente uniforme, com uma precisão inexcedível, mas sempre com o aspecto final um pouco artificial, pouco compatíveis com um avião num cenário de operações tão agreste e exigente como o Norte de África, para o que o relativo brilho da miniatura indiscutivelmente contribui.

O mesmo se aplica às insígnias, que são igualmente aplicadas de forma automática, provavelmente recorrendo a um sistema de tampografia, e que são simplificadas, sobretudo no respeitante aos inúmeros avisos e indicações presentes na aeronave e que, infelizmente, também são inexistentes em numerosos "kits", com a suástica da cauda a ser omitida, pelas razões que previamente enunciamos.

O interior é muito simplificado, facto agravado pela ausência do piloto, do que resulta um "cockpit" algo vazio que pode ser visto através de uma transparência que, sendo pequena, é de boa qualidade, com a estrutura impecavelmente reproduzida através de pintura, e permite uma boa visualização do interior.

Infelizmente, salvo no caso de uma má colagem, remover esta peça transparente para melhorar o interior ou colocar uma figura representa um risco de a danificar, algo que quase certamente acontece com uma peça num plástico muito mais fino do que na maioria dos "kits", numa escolha destinada a obter o maior nível de transparência possível.
Enviar um comentário