sexta-feira, 15 de julho de 2016

Infantaria alemã sobre carros de combate da Hat - 2ª parte

Não obstante estas limitações, as poses estão bem escolhidas para o fim a que se destinam e integram-se bem nos carros de combate mais populares do início da guerra, sobretudo os PzKfw III e IV, bem como no interior de veículos de transporte, sejam os blindados de meia lagarta, como os SfKfz 251, seja camiões, como os Opel Blitz.

Outra utilização óbvia é colocar os soldados de infantaria simplesmente sentados em caixas, troncos ou outros elementos cénicos, enquanto as duas figuras que reproduzem tripulantes de carros de combate, que possuem apenas a parte superior, inevitavelmente terão que ser colocados em carros de combate compatíveis, sendo manifesto que uma das figuras se destina aos PzKfw III e IV, tendo em conta o formato da cúpula do comandante, e a outra à escotilha de um StuG ou um caçador de carros.

Tal como com outras figuras, optamos por pintar o conjunto em negro, que serve de base e será a cor final dos tripulantes dos carros de combate, que usavam o uniforme negro dos "panzer", enquanto a infantaria é pintada, recorrendo à técnica de píncel seco em verde acinzentado, o conhecido "feld grau", que, na verdade, tem um sem número de nuances.

Pode-se optar por um tom ligeiramente mais acinzentado para as calças, o que parece ser comum, mesmo que não regulamentar, devendo-se ir pincelando ligeiramente com a mesma tinta na qual se mistura um pouco de branco, de modo a realçar as formas e o relevo do uniforme.

A cor de pele de grande parte dos fabricantes de tintas é demasiado rosada, pelo que sugerimos misturar com um pouco de castanho, de modo a ficar mais neutra e compatível com a tonalidade mais baça e escurecida que se vê em fotos obtidas em zonas de combate.

Com os principais blocos pintados, ou seja o fundo para pintar detalhes já aplicado nas devidas cores, sugerimos que as figuras sejam removidas da grelha e os locais onde foi efectuado o corte regularizado e retocado, de forma a ficar semelhante ao resto da figura.
Enviar um comentário