quarta-feira, 14 de setembro de 2016

O BT-7 da Zvezda na escala 1/35 - 4ª parte

Assim, a pintura dos veículos soviéticos deste período, fora do período de Inverno, acaba por ser extremamente simples, basicamente numa única cor, onde apenas sobressaem alguns detalhes, como o negro da borracha dos rodados, o tom metálico de grelhas e zonas mais expostas, ou a ferrugem das lagartas, para mencionar as mais visíveis e que devem ser pintadas antes de as peças coladas nos seus locais definitivos.

Os decalques não parecem tão bons como os de alguns fabricantes ocidentais, notando-se uma maior espessura, do que resulta um aspecto mais artificial, pelo que aconselhamos a retocar e envelhecer o modelo após a sua colocação ou, caso existam, a substituí-los por decalques de melhor qualidade, como os da Italeri ou da Tamiya, que também produzem modelos de carros de combate russos do mesmo período.

No caso das estrelas vermelhas, podem inclusivé ser utilizados decalques inicialmente destinados a aviões, sendo possível, para os mais talentosos, escrever as fases patrióticas recorrendo a um píncel fino, copiando de um original que, obviamente, recorre ao alfabeto cirílico.

Os modelos da Zvezda tendem a incluir algumas figuras de tripulantes, neste caso soviéticos, que utilizavam um fardamento azul escuro e um capacete de protecção em couro castanho, destinado a amortecer pancadas no interior do tanque, sendo complementada com um cinto, igualmente em couro castanho e botas, normalmente negras.

Estas figuras são tipicas do período inicial da guerra, já que o fardamento passou a ser semelhante ao do exército soviético, em cor e corte, mantendo-se apenas o capacete que, para simplificar, muitas vezes era em tecido de cor negra, almofadado no interior, e com um desenho muito semelhante ao modelo em cabedal.

Com uma ou duas figuras, que podem ser de tripulantes ou mesmo de infantaria, dado que era prática comum os carros de combate soviéticos transportarem soldados destinados a fornecer protecção contra a infantaria inimiga, o BT-7 da Zvezda resulta num modelo agradável à vista e que reproduz não apenas um veículo, mas o ambiente do início da invasão da União Soviética por parte da Alemanha nazi.
Enviar um comentário