quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Base aérea em cartão texturado - 6ª parte

Mesmo com estes cuidados, será quase inevitável retocar algumas zonas, sobretudo nos angulos, mas também onde se encontram diversas folhas de cartão, pois o formato A4 que possuímos, com os tijolos no sentido da largura, portanto o de menores dimensões, raramente permite evitar algum tipo de composição com diversas secções de cartão para revestir totalmente as superfícies de maiores dimensões.

Adquirimos algumas janelas, impressas em acetato, que colamos a partir do interior, sendo de ter em atenção a forma como se corta no plástico o local onde estas serão colocadas, com dimensões para que o contorno branco, que simula a caixilharia, fique visível em redor, algo que consideramos melhorar o aspecto do conjunto.

Existem várias opções de acabamento para os edifícios, algumas delas mais personalizadas, que, obviamente, retiram o carácter genérico do conjunto, mas adicionar identificadores, sinaléticas ou cartazes pode representar um valor acrescentado, sendo exemplo disso a numeração ou designação do hangar e das barracas, onde optamos por colocar alguns cartazes da época.

É fácil obter na Internet alguns cartazes utilizados pela Luftwaffe durante a guerra e fazer uma pequena composição, mesmo que com algumas repetições, que possa ser impressa a cores numa folha A4, obtendo assim um elevado número de cartazes que podem ser colados nas paredes dos edifícios, sendo sempre de lhes dar umas pequenas pinceladas de modo a perderem o brilho, dando um aspecto mais usado e gasto.

A imagem que disponibilizamos inclui desde cartazes de propaganda a avisos, como o de "entrada proibida" que podem ser colados nas paredes exteriores, normalmente junto de portas, ou o de "proibido fumar", usado no interior dos hangares, sendo exemplificativas do muito que se pode fazer neste campo.

É de ter em atenção que o interior do hangar fica bastante visível, pelo que será sempre de pintar com uma tinta de cor clara, podendo-se ir acrescentando elementos cénicos, que podem ir desde simples decorações, como cartazes, a acessórios e ferramentas utilizados na manutenção de aeronaves, bem como figuras, estas após o seu posicionamento numa base, tendo sempre o cuidado de não impossibilitar a colocação de diversos modelos de avião no interior.
Enviar um comentário